12/08/2018

Petição Pela revisão da Legislação das Raças Potencialmente Perigosas

Somos um grupo de pessoas com conhecimentos e prática experiente na área do treino, comportamento e bem estar animal, seriamente preocupadas com os efeitos desta Legislação , suas implicações sociais e bem estar dos cães no actual cenário legislativo. 

A necessidade de criar a presente petição surge pela consciência do impacto que esta legislação irá ter sobre a forma como a sociedade poderá percepcionar, tratar e actuar sobre a vida destes cães. 
Perspectiva-se que cada vez mais os cães definidos pela lei como potencialmente perigosos passem a vida na clandestinidade (ainda mais do que até agora), porque muitos serão os detentores que optarão por não cumprir o exigido pela legislação actual (tornar-se-à insustentável para muitos) e optarão por mantê-los confinados à propriedade, privando-os da devida sociabilização e comprometendo o seu bem-estar. Sem falar que os casos de abandono, negligência e entrega em abrigos e associações vão aumentar substancialmente (o que é já uma realidade).


Recordamos que animais Perigosos são essencialmente animais que por qualquer motivo já manifestaram um qualquer “ataque”. Logo tratar-se-à de um animal que revela problemas a nível comportamental. Enquanto um cão Potencialmente Perigoso, pela lei pertence a uma lista pré-criada, e não significa que esse cão tenha alguma vez deferido um “ataque”. Logo são situações distintas, que a formação deverá refletir e ter em consideração e na prática, não tem, de todo. 


Esta legislação necessita de ser severamente escrutinada e revista. 

Para saber mais e para assinar a petição
clica » aqui «

Sem comentários:

Enviar um comentário