27/11/2015

Carta de António Costa a Cavaco Silva, segundo Ricardo Araújo Pereira

"Quero sossegar V. Exa. acerca das medidas que o meu governo vai tomar no sentido de garantir a estabilidade do sitema financeiro. 

São elas: impedir que qualquer amigo de V. Exa funde ou administre bancos; propor um aditamento à Contituição que impeça V. Exa. de fazer considerações acerca dos bancos nos quais os portugueses podem ou não confiar."

 

Exmo. Sr. Presidente da República, 

Após leitura atenta das seis condições que colocou para a minha indigitação como primeiro-ministro, posso garantir-lhe o seguinte:

a) Quanto à aprovação das moções de confiança, pode ficar descansado. Não lhe escondo que os meus acordos com os outros partidos são frágeis. Há, sem dúvida, divergências bastante profundas, e por vezes é complicado divisar um único ponto de encontro. Mas, nas alturas mais difíceis, PS, PCP, BE e PEV lembram-se da única questão na qual estão cem por cento de acordo: que V. Exa é tragicamente incapaz. Ninguém nos tira essa sólida base de entendimento, sobre a qual pretendemos edificar lindas convergências;

b) Quanto à aprovação de orçamentos de Estado que ainda não são conhecidos, os três partidos comunicaram-me que desejam tomar como inspiração o seu exemplo de aprovar cegamente orçamentos de Estado, inclusivamente inconstitucionais, mas de uma forma um pouco menos irresponsável. Dizem que gostavam de ler os documentos antes de os aprovarem, se V. Exa. não se importa. Por outro lado, ficamos à espera que se submeta à mesma obrigação, em nome da estabilidade: que aprovará sem questionar qualquer orçamento que lhe apresentarmos. Aquele que estamos a preparar contém uma alínea muito gira sobre a reforma do Presidente da República. Acreditamos que apreciará a poupança que ali propomos;

c) Acerca do cumprimento das regras de disciplina orçamental, estamos em condições de garantir o seguinte: o meu governo respeitará tanto os tratados europeus quanto o governo anterior respeitou a constituição. Sendo V. Exa. um admirador da governação de Passos Coelho, cremos que apreciará a minha;

d) Em relação ao respeito pelo nosso compromisso com a NATO, e após conversa telefónica com o deputado Jerónimo de Sousa, posso dar-lhe a seguinte garantia: a consideração do PCP pela NATO é tão grande que os comunistas portugueses vão propor aos seus velhos camaradas do leste europeu a reactivação do Pacto de Varsóvia, só para que a NATO tenha o prazer de voltar a extingui-lo. Esta extinção do Pacto de Varsóvia pela NATO terá uma periodicidade semanal;

e) No que diz respeito ao papel do conselho permanente de concertação social, deixo-lhe outra promessa: o meu governo não tratará qualquer interluctor como "força de bloqueio". Esses tempos negros de falta de diálogo já passaram.

f) Por último, quero sossegar V. Exa. acerca das medidas que o meu governo vai tomar no sentido de garantir a estabilidade do sitema financeiro. São elas: impedir que qualquer amigo de V. Exa funde ou administre bancos; propor um aditamento à Contituição que impeça V. Exa. de fazer considerações acerca dos bancos nos quais os portugueses podem ou não confiar.

Creio que estas garantias satisfarão V. Exa. 
Agora, e como dizia o outro, deixem-me trabalhar.

Atentamente,
António Costa

por Ricardo Araújo Pereira na Visão

26 comentários:

  1. ahahahahaha! soberbo....muito bom mesmo! Embrulhe sr. Presidente!

    ResponderEliminar
  2. Como tantos mais de 50% se revêem nestas palavras, obrigado Ricardo Araújo Pereira, afinal só "aturamos" esta...esta...Como se diz?... Esta Besta há 30 aninhos

    ResponderEliminar
  3. Espectaculo...lá se vai a moral do presidente ... o karma é tramado... ahhh pois é!

    ResponderEliminar
  4. como disse o Sr Jerónimo: "tudo farinha do mesmo saco"
    http://www.publico.pt/politica/noticia/jose-socrates-nunca-existiu-1715568
    ....enfim

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Paulo Morais a presidente....
      Portuguese people Rise up for good...

      Eliminar
  5. Nunca lhe achei graça, mas sim " fedorento "...

    ResponderEliminar
  6. Obrigado RAP, por exprimires tão claramente o que a maioria dos portugueses com um pingo de inteligência pensa do Cavaco Silva. Bem hajas...

    ResponderEliminar
  7. Obrigado RAP, por exprimires tão claramente o que a maioria dos portugueses com um pingo de inteligência pensa do Cavaco Silva. Bem hajas...

    ResponderEliminar
  8. Obrigada RAP.Faria bem no entanto que Cavaco Silva a lê-se para que tivesse feed-back do que diz e faz e já agora se António Costa a lê-se também, mal não lhe faria, para que a memoriza se, pelo menos para tentar não se esquecer de não cometer os mesmos erros...enquanto governante claro.

    ResponderEliminar
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  10. Pena que a múmia paralitica não leia isto.

    ResponderEliminar
  11. Tanta palermice.
    O Presidente da República Portuguesa foi eleito DUAS vezes com MAIORIA ABSOLUTA dos votos dos portugueses.
    Aceitem a democracia. Não gostam?
    Votem noutro.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ou Cuba. Vão para Cuba. Ou para a Coreia do Norte. Lá gostam de extremas-esquerdas. Pelo menos os ditadores, já que NENHUMA população no MUNDO elege comunistas para o governo.

      Eliminar
    2. Nomes fictícios e caras tapadas? Intolerância? Comportamentos de terrorista ...

      Eliminar
    3. Não me escondo, estou aqui, só não tenho foto.

      Mas terrorista nunca me tinham chamado. Começo mesmo a gostar destes fóruns de esquerda.

      Eliminar
    4. Esse Rui Pinheiro deve estar a referir o autor deste blog, já que o texto é falsamente assinado pelo RAP.

      Eliminar
    5. Esse Rui Pinheiro deve estar a referir o autor deste blog, já que o texto é falsamente assinado pelo RAP.

      Eliminar
  12. Brilhante como sempre.
    Quanto à estabilidade do sistema financeiro, que tem custado milhares de milhões ao contribuinte, falta acrescentar a frase do ministro Gaspar para colegas gastadores:
    Exmo Senhor Presidente, a propósito da estabilidade do sistema financeiro temos a informar da parte dos contribuintes que NAO HÁ DINHEIRO. Qual das três palavras é que o Senhor Presidente não entende?

    ResponderEliminar
  13. Muito bom!
    Apesar de AINDA faltarem 3 meses, para que o país se livre da assombração, uma coisa é certa.
    Cavaco já não tem espaço de manobra para os seus golpes sujos de apoio a Passos e Portas.
    O que é fundamental é garantir que , o candidato de Passos, Cavaco e Portas, de seu nome Marcelo Rebelo de Sousa não seja eleito para prosseguir este clima de guerrilha.
    É bom não nos esquecermos que, durante 10 anos, Marcelo teve um tempo de antena, aos domingos na TV, de apoio à política de direita, do presidente e do governo PSD/CDS.
    É bom ver-se que Marcelo, de vez em quando, mandava umas bocas (para dar um ar de independente) mas nunca contestou a sério a sua política.
    Marques Mendes está a tentar fazer o mesmo, mas pior porque as cópias são sempre piores do que os originais) na SIC.

    ResponderEliminar