12/07/2016

Fui bloqueado no facebook por causa disto

Vou procurar fazer o post aqui tal e qual como o fiz no Facebook. Apesar de o formato do blogue e das páginas de facebook serem diferentes, o texto é exactamente o mesmo, e a foto que coloquei com o post é a que coloco aqui também. Nem vos sei dizer quando fiz este post, mas isto é de certeza antigo.

Com tanta pedofilia, racismo, discursos de ódio, apelos á violencia contra pessoas e animais ... que inundam o facebook, esta malta não tem mesmo mais que fazer.

"CARTA SEM PAPAS NA LINGUA 

Exmo. Sr. Presidente do Conselho Directivo ARS Lisboa e Vale do Tejo, Luís Cunha Ribeiro, Venho por este meio, muito agradecer a carta recebida em nome da minha mãe, a avisá-la que há mais de 3 anos que não se apresenta em nenhuma unidade de saúde de cuidados primários da Administração Regional de Saúde, e por isso irá perder o direito ao médico de família. Venho informá-lo que o motivo desta falta de comparência, nas unidades de saúde, deve-se ao facto de ela ter falecido há 7 ANOS!!! Já agora, faleceu num Hospital Público, imagino que você não tenha acesso a esses dados na posição que ocupa, o único motivo que me ocorre para não ter acesso a esses dados, é a sua incompetência e de todo o funcionalismo público que eu pago com os meus impostos !!! 

CASO TENHA DÚVIDAS SOBRE O SEU FALECIMENTO, consulte as finanças e a segurança social (informadas 2 dias a seguir ao seu falecimento), tendo em conta que hoje em dia existe uma coisa chamada rede informática, não dará muito trabalho cruzar dados, mas como vocês não conhecem a palavra trabalho, só fazem figuras tristes como estas e fazem-nas com o meu dinheiro e sem qualquer tipo de qualidade e profissionalismo do trabalho que desempenham, não querem saber de nada nem de ninguém (esta carta inútil, desnecessária, de mau gosto, insensível e de incompetentes, foi paga com o meu dinheiro, e eu estou sinceramente farta de sustentar todos os otários que conseguiram um trabalho porque souberam "chupar" no sitio certo !!!). 

Agradeço que comecem a trabalhar que é algo que eu faço desde os 17 anos. Nunca recebi um tostão do estado, nem quando a minha mãe esteve a morrer e a minha família deu o que tinha e não tinha para lhe proporcionar alguma qualidade, no momento que mais precisou, depois de ela própria ter descontado uma vida inteira. Porque vocês acharam que a pensão de miséria que ela tinha direito, por invalidez, chegava mais do que bem para tratar de alguém completamente acamado, aos cuidados de terceiros e em estado vegetativo !!! Muito obrigado por fazer a minha família reviver isto novamente !!! Já agora todos os cuidados pagámos nós de forma privada !!! 

Tenho vergonha ao que este país chegou ! E são pessoas como o senhor que deveriam estar no desemprego, pois pelos vistos nem para cruzar listas de dados, o senhor tem capacidade !!! Divulgo isto no Facebook, porque imagino que é onde passa o dia, e assim mais depressa lhe consigo transmitir a minha mensagem do que por uma carta registada !!! Agradeço a toda a gente que divulgue isto, porque é para merdas como estas e merdosos como este senhor que todos os meses temos menos dinheiro para viver, é para estes incompetentes andarem a fingir que trabalham e a gastar mais uma vez, MAL, o nosso dinheiro, que nós todos os dias andamos a contar os cêntimos !!!!!! Joana Maria Caramujo Correia Rodrigues, filha de Maria de Fátima Caramujo Araújo Correia Rodrigues.

Já agora o código de activação que envia na carta, para ela poder avisar que pretende ainda ser vista nas unidades de saúde, pode metê-lo num sítio onde o sol não entra, espero ter sido clara !!! 

Nota RiseUp » Não conseguimos descobrir o perfil da autora original, já que esta escreve que colocou o texto no facebook, porém, pelas pesquisas que fizemos, este texto começa a aparecer em 2013. 

Revista de imprensa - 17 de Março 2013, do Sol "O Correio da Manhã chama para manchete a notícia de que o atual presidente da Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo, Luís Cunha Ribeiro, fez entre 2008 e maio de 2011, quando era consultor do Ministério de Ana Jorge, 13 deslocações a Cuba, Uruguai e Colômbia, e gastou 7.700 euros em cada uma." ver aqui e aqui"






3 comentários:

  1. Vamos la partilhar o maximo, quero que os senhores que bloqueiam isto que vao para as putas das suas mães! Agora bloqueiam-me ou desmanchem-me o penteado, nao tenho medo de merdas que so sao bons e longe atraz do teclado.

    ResponderEliminar
  2. Cobardes de merda nem colhões têm para dar a cara, as mulheres desses insignificantes devem andar com um orgulho enorme ou a por-lhes cornos a torto e a direito.

    ResponderEliminar
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar