22/11/2015

Elites Financeiras : A Guerra ao dinheiro fisico

Se começa já a pensar que isto é mais uma "teoria da conspiração" leia até ao fim para espantar-se com o que que já foi feito neste sentido.

A França já tinha banido transacções de dinheiro físico acima de 3.000€, em Setembro reduziu para os 1.000€. Espanha já baniu as transacções acima dos 2.500€ e o Uruguai acima dos 5.000$. E existem mais casos.

Na Irlanda, Itália, França e Alemanha existem já projectos piloto de cidades sem dinheiro físico, ou seja, todas e quaisquer transacções são efectuadas por meios electrónicos. Isto não são projectos/economias alternativas como existe na Europa, estes são financiados e apoiados pelos grandes bancos.

Na América, grande bancos como o JP Morgan já começaram a rejeitar depósitos de grande quantias em dinheiro, e a complicar levantamentos. Houve clientes que foram mesmo obrigados a pagar empréstimos, cartões de crédito, compra de acções, etc, de todas as formas menos com dinheiro físico. O SEC (Securities and Exchange Commission), equivalente à nossa CMVM, criou uma legislação que permite ao mercados financeiros bloquear o dinheiro das pessoas por 10 dias durante a próxima crise, ou seja, não podem fazer nada com ele. Também foi autorizado o confisco de contas à ordem para salvar bancos, à semelhança do que aconteceu no Chipre com famoso "bail in" (Resgate interno do banco com dinheiro dos depositantes)

Blythe Masters, arquitecta do JP Morgan para as transacções em mercados financeiros com activos garantidos por colaterais (famosas SWAP's por exemplo) está a criar um novo sistema universal sem dinheiro. Blythe foi quem promoveu e institucionalizou os activos garantidos por colaterais que rebentou com sistema financeiro em 2008. O banco foi processado e a gestora acusada de mentir sob juramento, no entanto aqui está ela com um projecto que agrada a Bancos Centrais e a Governos.

O Banco Central de Inglaterra num relatório recente disse que era a primeira tentativa de uma "Internet Financeira", o Banco Central de St. Louis afirmou que era uma "coisa de génio". Este projecto permite que se saiba em tempo real tudo que fazemos com o nosso dinheiro, e pior que isso, que tenham total controlo sobre ele.

Que não exista qualquer ilusão, isto é um fim de ciclo para o sistema de controlo perfeito, Controlo da Informação, Controlo das Comunicações e Controlo Dinheiro (Ainda Parcialmente)



fontes :

The fifth annual Responsible Finance Forum – backed by the United Nations Capital Development Fund (UNCDF) and the World Bank Group.


Sem comentários:

Enviar um comentário